quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Estiagem castiga interior da Bahia

Ração Suplementar
A falta de chuvas regulares no sertão baiano vem prejudicando diretamente o homem do campo. No município de Feira de Santana a agricultura familiar teve perdas de mais de 70% no último inverno e agricultor perdeu quase toda a lavoura de milho.

A pastagem secou e os animais estão sendo suplementados com alimentação de cocho para ser mantidos e muitos criadores já vendeu o rebanho para não perder vendo a morte dos bichos sem ter o que comer.

Os animais sobrevivem com o sacrifício que o homem do campo se submete para manter os animais vivos. Em Feira de Santana são oito distritos que contribuem com a agricultura, pecuária, ovinocultura e caprinocultura. Mesmo com a escacessez de água para matar a cede do rebanho o produtor não dexiste facilmente da sua propriedade e dos seus animais. 

Morte do capim plantado

A plantação de capim que foi feita nas duas últimas chuvas pode mostrar como está o cenário do sol que castiga a terra.

Na região do distrito Maria Quitéria o clima é de muita preocupação nas propriedades. A vegetação cai as folhas e o capim seca diante da alta temperatura do sol.

A esperança das cuvas de trovoadas cair em abundância é grande e trazer o verde de volta como já é de praxe na região.

Muitas cidades no sertão da Bahia já estão em estado de calamidade devido a seca que castiga.



segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Inêndo queima 48 ônibus em um estacionamento em Salvador


Incêndio destrói cerca de 48 ônibus estacionados em Salvador
Foto: Reprodução
Um incêndio atingiu a garagem de ônibus do consórcio Salvador Norte, da empresa Integra, na madrugada desta segunda-feira (29). As chamas começaram em um coletivo e se alastraram para os outros veículos que estavam estacionados no pátio, que fica na Avenida Santiago de Compostela, na garagem da antiga empresa BTU, em Brotas. O local fica próximo a um posto de gasolina.     Segundo informações do Centro Integrado de Comunicações (Cicom).

Fonte: http://www.tribunafeirense.com.br

PEDÁGIO DA BR 324 AUMENTOU 16% SÁBADO (27)


SÁBADO(27) R$ 2,90
Quem utiliza a BR 324 no trecho que liga as cidades Feira/Salvador percebe claramente que os remendos realizados na pista não impedem a trepidação dos veículos diante de tantos retalhos feitos em quase todo o trajeto, principalmente entre Salvador e a cidade de Amélia Rodrigues. O aumento vigorado no dia 27 de janeiro de 2018 surpreendeu muitos motoristas que trafegaram na via.
SEXTA-FEIRA(26) R$ 2,50



A Concessionária VIA BAHIA operadora responsável pela cobrança do pedágio parece que está satisfeita com a situação da estrada, haja vista, que os motoristas de modo geral não fazem nenhum tipo de protesto acerca do mau estado de conservação da rodovia. Por outro lado as autoridades que cederam a privatização da rodovia não faz nada para obrigar a boa pavimentação e a manutenção da rodovia que tornou-se um custo a mais para os proprietários de veículos.

A categoria veículo de passeio custava R$2,50 e passou a custar R$ 2,90 com os 16% de reajuste inserido na tarifa.

sábado, 7 de março de 2015

Professores da rede municipal receberão valor do reajuste na quarta-feira

Professores da rede municipal de ensino vão receber na próxima quarta-feira (11), em folha complementar referente ao mês de fevereiro, o valor correspondente aos 13% de reajuste salarial concedidos à categoria, este ano. A quantia a ser liberada é de R$ 1.295.000,00.
O reajuste dos professores que atuam em escolas da Prefeitura de Feira de Santana, para este exercício será universalizado. Não apenas os que recebem o piso nacional da educação vão ser beneficiados. O percentual será o mesmo para todos os demais docentes.
Antes os professores com graduação curricular superior ou com mais tempo de atuação recebiam índice inferior ao estabelecido para o piso nacional, geralmente algo um pouco acima da inflação, mas bem abaixo do que era concedido aos demais.
O período de concessão do reajuste será antecipado e este ano, os professores receberam o aumento em fevereiro – como havia necessidade de aprovação do projeto de lei pela Câmara de Vereadores, não foi possível incluir o valor na folha do mês, quitada dia 25, o que obrigou a Secretaria de Administração a elaborar folha suplementar.
A partir de 2016, conforme prevê lei municipal aprovada e sancionada pelo Poder Executivo, o professorado receberá o salário reajustado já em janeiro, o que representa um importante benefício para a categoria.
Fonte: http://www.caldeiraodopaulao.com.br/

Morre Prisco Viana, ex-deputado e jornalista

Morre Prisco Viana, ex-deputado e jornalista

Jornal GGN - Prisco Viana, ex-deputado e jornalista, morreu na madrugada da quinta-feira, dia 26, em Brasília. Luiz Humberto Prisco Viana estava com 82 anos.
Prisco Viana nasceu na cidade baiana de Caetité. Foi sete vezes deputado federal pela Bahia e duas vezes ministro. Em 2002, foi candidato ao governo da Bahia.
Foi também diretor da Imprensa Oficial de Ilhéus e redator na Assembléia Legistlativa da Bahia, sendo nomeado Secretário de Comunicação durante o governo Luís Viana Flho, em 1967, cargo deixada para abraçar a política.
Fonte: http://jornalggn.com.br/

domingo, 1 de março de 2015

Na cadeira adaptada, Davi passou a ter melhores
 condições de frequentar as aulas (foto Matheus Rocha)
O Golias que este Davi tem que enfrentar é pior que o da Bíblia. Porque vive dentro dele, na forma de uma doença

Davi Lucas nasceu com osteogênese imperfeita, uma doença genética que causa mutação do gene responsável pela formação de colágeno. Com isso, ele sofre de uma fragilidade óssea tal que faz com que tenha fraturas mesmo com pequenos movimentos, sem que seja preciso alguma pancada mais forte. Popularmente, esta condição é chamada de “ossos de vidro”.
 
Os ossos são frágeis, mas há uma parte do corpo que Davi vem exercitando bastante em sua ainda curta existência: o cérebro. A mãe conta que o alfabetizou em casa e ele aprendeu a ler ainda com 2 anos. Hoje tem 5 anos e estuda na rede municipal. Seu desempenho é elogiado por professoras e colegas.
 
“Ver o desenvolvimento desta criança, ver que aos cinco anos já sabe ler e escrever, não importando as limitações da doença, é ter a certeza da realização da nossa função na escola”, comemora a professora Flávia.
 
Davi já contabiliza 13 fraturas. Algumas delas em ambiente escolar. Ele não anda e a doença compromete o crescimento, de maneira que aparenta bem menos do que a idade real. A cabeça, que teve crescimento normal, acabou ficando desproporcional em relação ao restante do corpo. Este ano, Davi recebeu da prefeitura uma cadeira de rodas adaptada que proporciona condições mais cômodas para frequentar o ambiente escolar, amenizando suas limitações. A cadeira de rodas custou R$ 5.482,90. É feita em liga de alumínio aeronáutico temperado, com rolamentos blindados nas quatro rodas e possui eixos de aço reforçados; dentre as dezenas de outras especificações, a cadeira tem ainda estrutura dobrável, poltrona com encosto reclinável em três posições, contenções laterais de tronco, quadril e perna, de espuma injetada de alta densidade, facilmente ajustáveis, apoio de cabeça com regulagens de altura, ângulo e profundidade, além de cintos em algumas partes do corpo. Também foi feita uma adequação postural específica para Davi.
 
Davi diz que quer ser detetive quando crescer, mas seu maior sonho é andar. “Quero poder ficar adulto, namorar e um dia brincar com a minha filha”, sonha. A mãe, Dionir Medeiros Casaes, conta que ele gosta de ler, escrever e especialmente pintar, como é comum às crianças da mesma idade. Ela lembra que foi difícil receber o diagnóstico do filho. A aceitação não se deu de imediato e o primeiro ano de vida foi de muito sofrimento. “Mas com amor e cuidado tudo passa. Hoje temos essa criança maravilhosa que ele é. Ele é a alegria da casa, da vizinhança, da escola. Onde Davi passa, deixa a marca dele. Ele é a nossa alegria diária e irradia uma luz que tenho certeza de que é de Deus e é incrível ver isso todos os dias”, comenta.
 
O ortopedista Juliano Simões, que acompanha o menino desde os primeiros dias de vida, diz que em muitos casos a criança portadora do mal que acomete Davi morre ao nascer, porque a própria contração da mãe no parto pode causar fraturas, compressão da medula e até hemorragia cerebral. No ultrassom é possível perceber fraturas ósseas na criança ainda na barriga da mãe.
 
No caso de Davi, a maior limitação é com a locomoção. Mas a osteogênese imperfeita causa também má formação na dentição e flexibilidade exagerada das articulações. As múltiplas fraturas causam deformidades ósseas principalmente nos ossos longos dos membros superiores e inferiores. Isto acaba limitando movimentos dos braços e pernas, o que no caso de Davi já o impede de andar.
 
O tratamento ideal seria genético, agindo no gene que causou a doença. Como isso ainda não é possível para a ciência, o que se faz é a diminuição da fragilidade através de medicações semelhantes às utilizadas para outra doença que fragiliza os ossos, a osteoporose. O tratamento é venoso, em ciclos que variam de acordo com a gravidade do caso.
 
Para o médico a força de vontade de Davi é surpreendente. “A criança com este tipo de doença tem a inteligência normal, que evolui apesar das limitações físicas e motoras. O Davi demonstra muita alegria, é muito participativo no tratamento. É uma criança muito especial apesar de tudo que ele vive”, elogia. 
 
Para obter melhor qualidade de vida é preciso uma cirurgia na medula óssea, que vai evitar fraturas. Mas só é feita em São Paulo e a família luta por este objetivo. “Ele fica me perguntando se vai ser criança pra sempre. Tenho que me encher de argumentos pra conversar com ele e explico que o que faz ele ser adulto é a idade e não o tamanho, mas às vezes ele fica bem angustiado com essa questão. Sou uma pessoa muito positiva, acredito que tudo vai dar certo”, diz a esperançosa Dionir.

Fonte: http://www.tribunafeirense.com.br

RELAÇÃO ENTRE ACM NETO E EX-ALIADOS DO PTN É MARCADA POR MÁGOAS, DIZ COLUNISTA


Segundo o colunista do Correio, Jairo Costa Júnior, a mágoa do prefeito ACM Neto (DEM) com os ex-aliados do PTN vai demorar a passar. Foi o que o democrata deixou claro, ontem, no discurso de entrega de títulos de terra a moradores da Boca do Rio, reduto antigo e numeroso do deputado federal João Carlos Bacelar, e base do vereador Toinho Carolino.

Conforme o colunista, ao discursar na solenidade, realizada na Paróquia de São Francisco, Neto lembrou a história de santo, famoso pela indulgência, para falar sobre a necessidade de perdoar, mas disse que, perdão político era uma outra história. Sem citar nomes, disse ainda que esse era um tipo de absolvição que só o povo podia dar. Porque ele, trocando em miúdos, parece que não quer dar.

Por outro lado, o prefeito iniciou de forma gradativa uma série de conversas individuais com vereadores da legenda que aderiram ao PT junto com João Carlos Bacelar – o que exclui Tiago Correia, prestes a assumir a Limpurb. Durante o Carnaval, ACM Neto recebeu sigilosamente um parlamentar do partido em seu apartamento, em Ondina, fora de sua agenda oficial.

Recém-expulso do PT, o vereador Henrique Carballal agora está livre para escancarar a aliança com ACM Neto. “Vou me filiar ao PPN, partido do prefeito Neto, e vou para onde ele quiser”, disse, ontem, em discurso na inauguração da prefeitura-bairro de Pau da Lima. Salvo por interferência do próprio, Carballal deve ir mesmo para o PV, mais provável, ou para o SD.  

Fonte: http://www.bahiaeconomica.com.br/